quarta-feira, maio 19, 2010


Medinhos da infância

7
Vcs já perceberam que sou a Doutora Abobrinha,e minha infância foi surreal. Tinha medo de tudo,da Cuca, de passar de carro no túnel ...

do mar,de cachorro solto na rua (sempre vinham atrás de mim),do triângulo das bermudas,


da música rosa de Hiroshima do Ney Matogrosso e do bebê de Rosemary.Cobria a cabeça com lençol pra dormir, tinha medo do quadro do menino que chorava,


Mas o pior, o bicho papão, era sair na Cidade e sem querer passar em fte aquelas casas de artigos religiosos e me deparar com :
Meu, eu gelava , morrya de medo de que o preto velho criasse vida , sei lá.


Com todo respeito q tenho a linha dos pretos velhos hoje, e à crença afro, eu tinha medo SIM.

E vc? Do que se pelava de medo na infância???

Comente sem pudores!

7 comentários:

Bia Tavares disse...

Eu tinha medo de cachorros na rua q me seguem e gatos tb, não sou mto chegada a gatos! Na verdad até hj eu num gosto d bichos q me perseguem. Eu tinha medo tb de velho do saco e outros
Beijo

Necessaire para Todas disse...

kkkkkkk ai Flavia dei risadas aki viu

eu tinha medo do escuro, de filmes de terror, do personagem de uma novela(não me lembro o nome) que era "puxado" pela lua nossa eu gelava qdo via as cenas kkkk, medo de várias coisas rs

Bjoss

Necessaire para Todas disse...

hahahahhaha isso mesmo! TOnho da Lua! meu como eu tinha medo! kkkkkk

bjosss

Dani disse...

Bom.. vou te contar...
eu ainda morro de medo de túnel... sei la.. me da calafrio.
Tenho medo de filme de espírito... Vixe sou tão medrosa... tenho medo de um monte de coisa..

Mas oq me mete mais medo... é gente com maquiagem bizonha!!! Pq uma pessoa q se olha no espelho e não percebe... tem algo de mto errado hahahahahahahaha

Beijo xuxu

Inara Silveira disse...

hahahaha
Medo?
Aloka... aqui tinha medo que algo puxasse seu pé enquanto ela dormia...
Ai a mais louca ainda colocava o fofão no pé da cama para ngm puxar o pé... Ai veio aquela historia do punhal dentro do fofão... Aiii pra queeeeeee começei a dormir do lado contrario... ou seja.. o pé nao podia puxar.. mas a cabeça poodia... vai entender a cabeça da criança aqui hahahahahaha

Tinha medo tbm de entrar no quarto escuro.. e a lerda mór ao inves de acender a luz ao entrar nao... entrava, tudo apagado.. olhava dentro do guarda-roupa..., atrás da porta, embaixo da cama... para ai sim.. acender a luz...
ai que vergonhaaaaaaaa
hahahahaha

Obrigada pelas visitas, viu flor!!
Beijocas linda

Betty Gaeta disse...

Dando muita risada...
Mas eu tinha medo de algumas coisas loucas tb.
Tinha medo do sacristão da igreja que eu frequentava, pois ele era muito bravo e mal humorado.
Tinha medo de bater em minha mãe, mesmo que fosse por acidente, pois criança que batia em mãe, qdo morria ficava com a mão para cima.
Tinha medo de comungar, pois minha prima me disse que se a gente mordesse a hóstia, ela sangrava.
Não era fácil ser criança!
Bjkas e um ótimo final de semana.

Carolina disse...

kkkkk que onda! vc tinha medo de um monte de coisas mesmo! huahuahau eu lembro que tinha muito medo de umas alminhas, que o pessoal se fantasiava no carnaval aqui em Recife/Olinda, e saía mascarado com umas castanholas. Na verdade a fantasia é de papa angu, mas eu achava que era alminha. kkkk Também não gostava muito de palhaço. Essa coisa do cachorro me lembra uma vez que eu apontei quando estava voltando do colégio: "Olha, mainha, o cachorrinho!" Aí na mesma hora o cachorro veio correndo pra cima de mim! Ele tava todo sujo, melado de terra e pulou em cima de mim... ele só fez me lamber mas eu senti como se estivesse sendo realmente atacada! rsrs Essa cena tá na minha lembrança até hoje! :P
Ah! Tu conseguisse pegar o banner lá do blog? Se tiver algum problema me avisa pra eu ver se ajeito, tá? Bjinho! Já tô te seguindo! ;)