domingo, setembro 19, 2010


Pente jurássico

20
Amigues!

 Noooossa, adorei a participação doceis no debate do post anterior..chorey kolene.

Well, semana foi  tensa, que eu mal tive tempo de visitar vcs e entrar na net  tenho estado em várias lojas por dia,feito relatório 1 da manhã...etc etc mas farei isso aos poucos de blog em blog ...  pardona-me?

Hoje domingão é minha folga,(uhul)acordei tarde e olhei lá em  cima do guarda roupa,uma caixa de sapato AZUL e eu imaginando que era uma caixa de BANCO IMOBILIÁRIO que veio me pegar. Ugh.
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Apresentando hoje, suas bonitas,uma coisa que foi um ícone da cultura AFRO e que tenho aqui no Museu de casa. 
O famoso  pente quente ou pente de ferro para os intchimos:



Ao longo da história capilar humana, hauhauahu...gerações e gerações de mulheres negras tinham que se virar sem quimica.

Atualmente a febre dos cabelos lisos está por toda parte e crespas de todo o mundo disfarçam sua rebeldia capilar com vários artifícios que vão da soda caustica a escova definitiva!
Nos anos 80, estranhamente a moda era fazer permanente.


Esta técnica demolidora deixava o  povo parecendo o desenho do urso do cabelo duro



Ser crespa era moda e alisar o cabelo era algo proibido nos salões de beleza.


But...o  processo de alisar o cabelo das mulheres negras com pente quente (inventado por Madame C. J. Waler) era o rito de passagem na condição de mulher.

Chegar a esse ponto de poder alisar o cabelo era deixar de ser percebida como menina (a qual o cabelo podia estar lindamente penteado e trançado) para ser quase uma mulher. Esse momento de transição era o que eu mais sonhava.

Alisar em casa era um ritual da cultura  negra, fora o hene Pelúcia, que tingia a orelha, o pescoço e a casa inteira    rarara... se quisesse pagar vc perdia um dia inteiro no salão também,eu cheguei a ir, era Henê ,depois a chapinha .

nãããão tinha isso não...era assim óh



Antes que se alcance a idade apropriada, usamos tranças; tranças que são símbolo de nossa inocência, juventude. A mãe vinha com o pente fino,separava, penteava e trançava .... se doía pra fazer? o que você acha? hahaha


Quem é negra ou conhece alguem da raça beem das antigas, sabe bem do que to falando... era o ápice na Era paleolítica época que não havia progressiva,só Alisabel,pasta ou chapinha baiana.

Eu surtei quando minha mãe liberou eu alisar o cabelo!!Até sambei.
Pente de ferro,artefato transmitido de geração em geração,com toda uma técnica para passar e alisar o picumã da negrada com dignidade.

Era uma espécie de ritual: as mulheres mais velhas e adolescentes se reuniam na área de serviço ou cozinha, um  RITO DE PASSAGEM deixar de usar trancinha e alisar o cabelo.

E como demorava horas, as tias,primas,irmãs enfim a 'galere' dividia  lamúrias, atribulações, fofocas – , era um descanso em que não se teria de satisfazer as exigências das crianças, e meditar  hahaha.



Então garotas ergam as mãos aos céus, porque antigamente a coisa era tensa.

Quem quiser ,tem mais cenas emocionantes de alisamento afro: alugue o dvd Salão do Barulho... protagonista: ninguem menos que Queen Latifah, tem também Alicia Silverstone, Andie MacDowell, Alfre Woodard, Mena Suvari e Djimon Hounsou ...eu ri muito quando vi.
Recomendo :)


Beijocas e boa semana!
Tia Flávia.

20 comentários:

Inara Silveira disse...

eita!
Eu já ouvi muitooo falar do pente quente! Mas nunca tinha visto um!

Ai.. ainda bem que tudo na vida evolui!

Beijocas flor

Betty Gaeta disse...

Oi Flavinha,
Guarde este pentinho com carinho, pois realmente é peça de museu! Eu nem sabia que existia isto.
Cada raça com os seus problemas. eu tenho que me besuntar de protetor solar dos pés a cabeça. Já tive câncer de mama e não preciso de um de pele.
Tenha uma semana maravilhosa!
Bjs.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Amanda Reis disse...

Oláaa Flavinha!!

Eu comecei meu dia aqui lendo esse seu post e rolando de rir aqui. Aloka que ri sozinha...

Vc é mesmo uma graça!

Bjos!!

- Ana Menezes disse...

meu Deus, eu nunca tinha ouvido falar deste pente de ferro, sahfudishfad. Ri muito, você esceve muito bem, ainda bem que hj em dia temos tecnologias mais abranjentes! haha, beijos e bom inicio de semana pra vc flor

- Ana Menezes disse...

meu Deus, eu nunca tinha ouvido falar deste pente de ferro, sahfudishfad. Ri muito, você esceve muito bem, ainda bem que hj em dia temos tecnologias mais abranjentes! haha, beijos e bom inicio de semana pra vc flor

CACAU disse...

MEU DEUS AMEI O POST PASSEI POR TUDO ISSO, NOSSA NA HORA DE IR PRA ESCOLA E MINHA MÃE VINHA PENTEAR MEU CABELO E QUERIA FAZER AQUELAS PITUQUINHAS ESTICAVA TANTO MEU CABELO QUE MEUS OLHOS FICAVA MAIS PUXADO DO Q DOS JAPONESES AIII ERA A MORTE PRA MIMM.
HJ GRAÇAS A DEUS EU ASSUMI MEU BLACK E NEM PASSO PERTO DAS CHAPINHAS.

BJOSSS E BOA SEMANA

Sweet Princess (Sarah) disse...

Coloque Jurassico nisso!

Hahahhahhaha

(adorei)

beijokas

http://thingsland.blogspot.com/

naliky disse...

credoo que horror , imagina queimar a orelha com isso ae , inda bem que eu nasci nessa epoca boa que as coisas são bem mais faceis :)

bjokinhas

Juliana Zimmermann disse...

Flavinha do Céu!

Você nao existe! Cada vez que venho aqui morro de rir com seus posts..
Adorei saber como era o bisavô da chapinha...hahhahahaha

Oh, vai ter um sorteio la no blog...Vou ficar muito feliz se você participar...

Bjos e boa semana pra você!
Juliana

http://miscelaneadajuju.blogspot.com/

Simone disse...

Comentei essa semana desse pente quente. Uma amiga minha, quando eu estava na 1ª série, usava!
Ainda bem que a tecnologia avançou hehehe...

Um beijo.

Necessaire para Todas disse...

Flávia! adorei essa curiosidade! eu não sabia da existência desse pente de ferro! mto interessante!

Bjos :)

Alessandra, disse...

Nooooosssaa...eu nem imaginava esse ritual......q loucura...dá medo desse pente......rsrsrs...bjs

www.mdemulhermoca.blogspot.com

Daya Baxton disse...

Oi migaa!!!

saudades e saudades!!! Vc sumiu daqui, do msn... e tals..

Agora estou voltando com força total pro blog, PC novo, vida nova!! rsrs

Agora me responde uma coisa: de onde vc desenterrou esse pente?? kkkk

Só vc pra me fazer rir hoje.. (to naqueles dias)..

Haylla disse...

nhaa. que post legal.. ^^
Adorei tudinhu aqui.
Xerinho Flor!

Tatty disse...

Oi amiga!
Estamos super sumidas hein?!?
Vê se aparece!
Bjs, Tatty

http://suspirofashion.blogspot.com/

Norma Lúcia* disse...

Adorei o blog! Bacana!
Estou começando com o meu por agora, então se puder, faz uma visitinha por lá, viu?
http://passandoprarir.blogspot.com/
bjos.

Amanda Reis disse...

O que que aconteceu Flavia??? Pq ta afastada do Blog?
To meio lerda pra postar... ando com um zilhao de coisas p fazer ao mesmo tempo.
Claaaaro que senti sua falta... Vi que o blog nao foi mais atualizado. Mas contae... qq houve?
Bjus!

Ana Paula disse...

É incrível como vc falou tudo certinho como exatamente era, mas eu não abro mão do pente de ferro da minha mãe, pois mesmo usando a chapinha só com ele consigo pegar aqueles crespinhos lá na raiz, é por isso que ainda acho um pra comprar, pois me casei e fui morar noutra cidade e minha mãe não quer me dar o pente dela porque ela também ainda usa!!!!!!rsrsrsrs Aliás se vc souber de algum par vender me avisa!!!!!!! hehehehehehehe!!!!!!

Um Abraço ANA PAULA.

Inara Silveira disse...

Uai! Kd vc?!
Eu comentei nesse post! Kd os comments?

Beijocas

Betty Gaeta disse...

Oi Flávinha ...
Nãofoi uma quastão de não sentir a sua falta! Senti saudade sim, mas vc sumiu de um tanto que pensei que tinha casado e mudado de país! O que está acontecendo menina?
Eu tinha respondido este post sobre o pente e minha resposta sumiu...
Bjkas e uma ótima semana para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/